Falhar é bom ou mau?


Quantas vezes deixamos de arriscar com medo de falhar? Ás vezes é como algo que não se apercebe...simplesmente ficamos com medo de avançar para o desconhecido sem sabermos a 100% porquê.


Como se tivéssemos várias vidas ou soubéssemos quanto tempo aqui vamos estar para pudermos adiar o que às vezes nem devia ser adiável.


Será que já nos disseram que falhar é feio, é errado, é de evitar? É uma crença comum.

Mas se pensarmos nas vezes que tentamos apenas aprender algo, não tínhamos outra saída senão aprender...não sabíamos à partida que poderíamos errar antes de acertar tudo à primeira? Neste contexto não é algo normal?

Ou até quando somos bebés e estamos a aprender a andar...não caímos umas quantas vezes?! Isso é feio ou errado?

Quem inventou a lâmpada, conhecem a história? Falhou, falhou e falhou. Quando lhe perguntaram porque continuava a insistir em algo que estava farto de falhar, a sua resposta foi: eu não falhei, aprendi em todas as tentativas como não se faz uma lâmpada.


É importante que vejamos que as falhas e os erros são formas de nos mostrar que não estamos parados, que estamos a arriscar, a tentar e que temos imensas oportunidades a partir daí para melhorarmos, crescermos e aperfeiçoarmos o que queremos.



O que farias se soubesses que não ias falhar? O falhar não é uma escolha, é uma etapa. Encara isso como algo positivo e chegarás onde mais ninguém chegou!


Vamos ver os falhanços de outra forma?
Marca a tua sessão de coaching, experimenta GRÁTIS



A tua Coach,
Joana Rodrigues